Contra a Maçonaria - Dom Macedo Costa (CAPA DURA)

Código: RDAQQBHQG Marca:
R$ 80,00 R$ 60,00
até 10x de R$ 7,39
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 60,00 sem juros
    • 2x de R$ 31,80
    • 3x de R$ 21,61
    • 4x de R$ 16,52
    • 5x de R$ 13,47
    • 6x de R$ 11,44
    • 7x de R$ 9,99
    • 8x de R$ 8,90
    • 9x de R$ 8,06
    • 10x de R$ 7,39
  • R$ 60,00 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Nesta obra do bispo do Pará, Dom Macedo Costa, há dois livros importantes escritos em 1875 e 1886 a respeito da "Questão Religiosa", conflito entre Igreja e Império durante o segundo reinado.

Livro 1: DIREITO SOBRE O DIREITO OU O ESTADO SOBRE TUDO (1875)

Neste livro, o maior intelectual da questão Religiosa, o bispo do Pará, Dom Macedo Costa, contrapõe a doutrina herética regalista que dominava o império brasileiro à doutrina de sempre do Estado Católico. Mostra, por um lado, como o império brasileiro sufocava e invadia os domínios da Igreja, em tudo regulando e oprimindo. Por outro, como as jurisdições temporal e espiritual devem coexistir, exortando o Império a renegar os ideais maçônicos e a pôr-se em serviço da promoção da Verdade em todo o território brasileiro.

Livro 2: A QUESTÃO RELIGIOSA PERANTE A SANTA SÉ (1886)

Terminada a pior fase do conflito e concedidas as anistias, os ânimos entre a maçonaria e a Igreja Católica haviam arrefecidos, até que o Barão de Penedo resolveu escrever e publicar um livro denominado Missão Especial a Roma em 1873 defendendo um eventual sucesso da sua missão e que a Santa Sé teria realmente admoestado a conduta dos ínclitos bispos. Então, Dom Macedo resolveu publicar um livro-resposta com vários documentos da época, publicando pela primeira vez a famosa Carta Antonelli. Mostra em sua obra que as tentativas de condenação espiritual foram maldispostas, infelizes e nulas no seu resultado.
“Nem a memória dos mortos, nem os cabelos brancos dos vivos, hão de ficar sem defesa. Prezamos a nossa honra: é um bem que Deus nos manda zelar, não só por amor de nós, mas pelo da Igreja e do país, a que pertencemos. Curam habe de bono nomine (Eclo 41,15). Não temos trabalhado quase vinte e cinco anos no duro ministério do apostolado nesta terra, empregando todas as energias de nosso coração e de nosso espírito na obra de regeneração desse povo que amamos, sacrificando-nos, matando-nos neste labor improbo, sob o peso desta temperatura de fogo, nomeio de tantas angustias, privações e desconfortos, para virdes vós, que passais regalado como um príncipe em uma das mais brilhantes cortes da Europa, vós, revestido do caráter de alto funcionário da nação, despojar-nos do que nós temos mais precioso que a vida, a honra de nosso nome, como cidadão e como Bispo!” (MACEDO, P.43)

Ficha Técnica:
Páginas: 733
Tamanho: 14x21
Capa: Dura

R$ 80,00 R$ 60,00
até 10x de R$ 7,39
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • Pagar.me V2
Selos

Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura - CNPJ: 27.702.376/0001-02 © Todos os direitos reservados. 2020